COMO JOGAR PARES BAIXOS?

Estratégias

COMO JOGAR PARES BAIXOS?

Gabriel Fagundes
Escrito por Gabriel Fagundes em 15 de junho de 2020
Junte-se a mais de 10.000 jogadores

Entre para nossa lista VIP e seja o primeiro a receber conteúdos exclusivos!

Saber exatamente como jogar pares baixos é uma das principais habilidades de um bom jogador de poker.

Ainda assim esse é um dos principais problemas dos jogadores iniciantes que insistem em cometer erros básicos no poker.

Depois de ler este guia você estará pronto para jogar lucrativamente seus pares pequenos, sem precisar ficar preocupado e perdido sem saber o que fazer em várias situações.

Como Jogar Pares Baixos? Escola de Poker Grinder

Antes de descobrir como jogar os pares baixos baixos é importante que você saiba também como estudar o seu jogo para identificar possíveis erros.

Eu vou te ensinar a fazer um filtro rápido no Holdem Manager. Mas se você usa um programa diferente se esforce para aplicar no software que você usa.

Como exemplo, vamos supor que queremos descobrir como estamos jogando pares de 22 a 66 de posições iniciais com stacks acima de 50 big blinds.

Junte-se a mais de 10.000 jogadores

Entre para nossa lista VIP e seja o primeiro a receber conteúdos exclusivos!

PASSO 1 – MORE FILTERS

O primeiro passo é clicar na opção More Filters. Uma janela será mostrada com dezenas de opções.

PASSO 2 – Seleção do Stack

Para o nosso exemplo estamos assumindo um stack maior que 50 blinds. 

Na imagem acima você pode ver que estamos na tela Tournament Filters e no item 1 selecionamos o stack em valor de big blinds.

No item 2 você insere a quantidade de big blinds desejada: maior que 50bb. para o nosso exemplo.

No item 3 você confirma a seleção que acabou de fazer. Clique no + e os dados serão aplicados.

PASSO 3 – SELEÇÃO VPIP

Agora mudamos a tela, estamos em Basic Filters.

E neste terceiro passo vamos selecionar a forma como jogamos. É muito importante que antes de começar a se aprofundar nos filtros você entenda o que significa cada termo.

Por exemplo, VPIP representa o percentual de vezes que você coloca dinheiro voluntariamente no pote, independente da forma como isso aconteceu: raise, call, limp, 3-bet ou qualquer outra ação.

Para o software entender que nós jogamos a mão basta selecionar o VPIP como verdadeiro (YES) assim como está o item 1 da imagem acima.

PASSO 4 – POSIÇÃO

Ainda em Basic Filters, você  vai abrir a aba Position and Action. Aqui vamos dizer para o HM qual a nossa posição e qual foi sua ação na mesa.

No item 1 da imagem selecionados Early para o Hero Position (hero sempre é você nas análises).

O item 2 se refere ao que aconteceu antes da ação chegar até o hero (no caso você). Então selecionamos Unopened (ninguém abriu antes).

Por fim o item 3 representa qual foi a posição que abriu raise, selecionamos Early Position.

PASSO 5 – SELEÇÃO DE MÃOS

Se o nosso intuito é ver como estamos jogando os pares pequenos, na tela Hole Card Filters você vai deixar selecionado apenas os pares que deseja.

Então mantive apenas 22 até 66.

Sempre que você quiser ver quais informações você já aplicou no filtro basta olhar para o quadro da sua direita Applied Filters.

PASSO 6: VISUALIZAR RESULTADOS

Depois de inserir todas as informações é só clicar em OK.

O Holdem Manager vai processar e mostrar o filtro pra você conforme a imagem acima.

Neste filtro, estamos ganhando 6,52 blinds a cada 100 mãos jogadas.

Atenção: assim como no resultado apresentado, cuidado ao analisar amostragens muito pequenas de mãos. Isso pode levá-lo a interpretações erradas.

A partir disso podemos tirar outras conclusões e evoluir a nossa análise implementando outros filtros.

  • Você pode ver também como está jogando os mesmos pares de outras posições.
  • Você pode visualizar como está jogando os pares pequenos com stacks diferentes.

Esses são apenas alguns exemplos do que você pode fazer.

Estudar com esse nível de profundidade de análise do seu jogo é o que vai te separar dos jogadores recreativos.

Eu separei algumas dicas importantes para você a corrigir graves erros do seu jogo com pares baixos e ainda lhe fornecer muitas ideias de filtros para analisar suas ações através de softwares de estatística.

PARA VOCÊ: Evite dor de cabeça na hora de depositar ou sacar dinheiro dos principais sites de poker online e plataformas de apostas. Clique aqui e faça seu cadastro com a DM Créditos.

PARES PEQUENOS EM EARLY POSITION

A forma como enxergamos algumas linhas do poker hoje é absolutamente diferente de alguns anos atrás.

Leia alguns artigos ou livros do ano de 2005 e você vai ver que a regra geral era basicamente abrir grupos 1 e 2 do UTG.

Hoje já não é bem assim. Podemos ampliar o nosso range desde as posições iniciais e ainda ter um jogo lucrativo.

Mas não vamos exagerar. Os pares pequenos tem basicamente um problema que é não jogar bem o pós-flop.

Um dos únicos boards bons pra você é quando acerta uma trinca. Isso vai acontecer 1 a cada 8 vezes. Ou seja, quase 90% das vezes você terá que blefar.

A consequência disso é que se colocará numa situação de ter que c-betar em situações muito marginais, principalmente jogando fora de posição. E essas ações não são muito lucrativas a longo prazo.

Analise a sua própria base de dados e tente identificar qual a sua lucratividade nesse tipo de situação.

Como meu field é micro, low e eventualmente mid stakes, na maior parte das vezes estou enfrentando jogadores ruins.

Então ainda consigo jogar bem os pares pequenos de posições iniciais, principalmente deepstack em early game.

Porém, quanto mais curto for o meu stack e/ou melhores jogadores estiverem na minha esquerda, menos raise com essas mãos eu abro.

PAGANDO COM PARES EM POSIÇÃO

Pagar raises para trincar é muito comum. Mas você precisa tomar muito cuidado.

A ideia geral sobre os ranges por posição você já tem. Então você sabe que o range que abre do UTG geralmente é bem mais forte que o Botão.

Então, se você está pensando em pagar um raise para jogar por set value (para acertar sua trinca) é melhor que você jogue contra um range forte.

Como assim, Gabriel?

Eu explico. Se o objetivo é trincar, você precisa extrair valor do seu oponente. Para que isso aconteça o vilão deve ter ao menos uma mão de valor médio para que ele pague suas apostas.

Em teoria, você vai conseguir ganhar mais dinheiro (receber mais calls) jogando a sua trinca contra ranges fortes (do UTG, por exemplo) do que contra ranges amplos (botão).

Porém, existem dois fatores que você precisa considerar para que o seu call pré-flop em posição tenha sucesso:

  1. Quem é o oponente?
    Donk: o adversário ideal pra você enfrentar. Ele não vai ter as frequências de cbet corretas para que você cometa erros. Então geralmente é fácil jogar contra ele.

    Regular: o tipo de jogador que você deve evitar. Ele vai saber exatamente em quais boards c-betar e como te explorar. ?
  2. Qual o stack efetivo? A importância do stack pra você definir o seu range de call em posição é muito grande. Mas não pense apenas no seu stack.

Não adianta você ter 1 milhão de fichas e o seu oponente apenas 100. 

O stack efetivo basicamente é o menor stack da situação. É este stack que vai direcionar a sua ação.

Evite pagar com stacks curtos e abaixo de 25bb. Caso esteja em mais ou menos trinta blinds, pague apenas se enfrentar um jogador muito ruim.

Dê preferência para jogar em posições pagando raises com pares pequenos quando você estiver deepstack e contra donk.

Isso vai te garantir um bom lucro nas vezes que você tem trincas e seus adversários vão jogar potes grandes com mãos piores.

Junte-se a mais de 10.000 jogadores

Entre para nossa lista VIP e seja o primeiro a receber conteúdos exclusivos!

DEFENDENDO BIG BLIND COM PARES

Defesa de big blind é um assunto bastante complexo. No big blind você tem odds mais favoráveis para o call do que o small. 

Então faz mais sentido que você jogue um pouco mais passivamente seus pares, exceto quando tiver com stack para resteal.

Pares de 22 a 66:

  • São excelentes para incluir no seu range de resteal versus posições finais;
  • São melhores para dar call com stacks mais deep 30bb+;

Essa é basicamente a minha linha de jogo e busco variar em alguns casos específicos.

Porém vejo muitos jogadores adotando os pares como opções para 3-bet.

Particularmente não gosto dessa linha por não ter blockers. Quando eu aplico uma 3bet com um 44 acabo não tendo nenhuma defesa porque é bem provável que o meu oponente não tenha nem forme boas mãos com combinações de 4.

Por outro lado, caso eu use um A4s para 3-betar, diminui a chance do meu oponente ter um As na mão e consequentemente de ter mãos fortes como AA, AK e AQ, simplesmente porque eu já tenho um A na mão.

Como forma de estudo e para identificar possíveis erros no seu jogo faça um filtro no Holdem Manager das 3bets que você aplicou com pares abaixo de 77 e veja o retorno que elas trazem.

Lembre-se sempre de tomar cuidado com a amostragem de mãos que estão sendo analisadas. Não adianta você tirar conclusões de estatísticas com 10 ou 20 mãos.

Quanto maior a amostragem maior a assertividade das informações. 

USANDO O LIMP A SEU FAVOR

Limp? Podemos entrar de limp? Não é errado?

Muitos jogadores tem um grande problema com o limp. Abusam dele para simplesmente ver o flop.

Essa maneira de usar o limp é ruim. Mas isso não quer dizer que todos os limpers são ruins.

Se você usá-lo sabendo exatamente o que está fazendo tende a ser uma arma muito poderosa.

Um dos casos que muitas vezes utilizo o LIMP é quando existem vários jogadores que já entraram na mão antes e eu não vou conseguir fazer com que eles dêem fold.

Então, aproveito o meu parzinho para me juntar a todos eles apenas pagando o valor do big blind pré-flop e buscando acertar a minha trinca.

Como jogar depois desse call a gente fala daqui a pouco sobre a importância de seguir um plano.

Existe também um outro caso que tenho explorado muitos dos meus oponentes.

Em blindwar contra jogadores muito agressivos o limp funciona como uma boa armadilha. Os pares uma importante ferramenta para que a jogada seja efetiva.

Com stack mais ou menos entre 20 a 30 big blinds uso o limp sabendo que a frequência do meu oponente para tentar me punir será grande. 

Se ele der raise, eu vou allin. Terei muita chance de fazê-lo dar fold e caso receba o call estaremos no bom e velho coin flip na maior parte das vezes.

Se ele der check behind, em boards secos vou apostar no flop para fazer foldar tudo aquilo que não acertou.

Dica: o range acima é o que eu uso hoje para jogar com stacks entre 25 a 40 big blinds do small versus o big blind.

Como você pode ver as mãos em ROSA são aquelas que geralmente utilizo para ir de limp/shove.

JOGANDO PARES PEQUENOS DE ACORDO COM OS STACKS

Muitos jogadores iniciantes e intermediários simplesmente clicam no botão e só depois analisam o cenário que estão.

Abrem um raise e em seguida não tem a menor ideia do que fazer quando se deparam com um allin.

Este é um problema muito grave. A decisão deve ser efetuada antes de clicar.

É como xadrez que se faz um movimento pensando em várias possibilidades de resultado diferentes e futuros.

Então antes de abrir qualquer raise você precisa analisar toda a situação.

  • Qual é o risco que você tem de receber um allin?
  • Qual é o seu limite pra dar call contra cada um deles?
  • Se um desses oponentes realmente for allin, o que você faz?
  • Qual será o bottom range, ou seja, a pior mão do seu range de call no shove do seu oponente? O que você vai foldar?

Todos esses detalhes você precisa avaliar antes de agir. E principalmente, essas decisões precisam ser estudadas e planejadas antes dos torneios que você joga. Isso precisa fazer parte da sua rotina de estudos.

A melhor maneira de chegar a essas conclusões é através de softwares como o ICMIZER. É uma ferramenta paga, mas se você está começando agora pode usar uma consulta gratuita por dia. Já dá pra começar sem ter que investir.

A IMPORTÂNCIA DE SEGUIR O PLANO

Todas as dicas importantes que você acabou de descobrir não funcionam se o seu plano não for cumprido.

Um exemplo clássico é o set-value. Aquele parzinho que você paga pré-flop para acertar uma trinca.

Acontece muitas vezes da sua trinca não aparecer no flop mas ainda assim você fica agarrado na mão e perde muitas fichas de forma desnecessária.

Se o plano era jogar pra trincar, siga o plano. O flop não sendo bom pra você o melhor a fazer é desligar e partir para a próxima.

Aqui nesse vídeo eu falo um pouco sobre como jogar pares pequenos do UTG.

Se essas dicas sobre como jogar pares baixos foram boas deixe um comentário e compartilhe o material nos seus grupos e redes sociais 🙂

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker, apostas, astropay ou carteiras virtuais indicamos a DM Créditos: https://dmcreditos.com.br/grinder

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

css.php
>